sábado, 9 de novembro de 2013

Eu  fiquei te esperando ligar.
Mas aí o telefone não tocou, desisti de te esperar somente as 6 quando o céu apareceu, quando tentei dormir, mas eu rolei até as 7:20, quando finalmente alguém bateu na porta do quarto.. Mas eu percebi que tá uma manhã linda, e não pude ignorar. Levantei e preferi estar acordada até agora sem esperar nada.
São exatamente 8:20, estou escutando The gift, uma das músicas que sempre me faz lembrar do teu abraço na Segunda- feira quando vou ao trabalho de mal humor. Percebo que tudo que senti de madrugada já não era como antes, e sinto o sol nas pernas como uma despedida. Mas eu aceito lutar comigo todas as noites, se for preciso, para ficar tudo bem e ter de presente uma manhã tão bela por ter ganhado de mim mesmo. Deixei de te esperar, de verdade, as 6:40, quando me dei conta de que Kurt Cobain não iria cantar Dumb, do toque do meu celular.
Mas mesmo assim tá um pouco vazio, só um pouco..






Nenhum comentário:

Postar um comentário