quinta-feira, 25 de março de 2010

Changes

Não quero que acabe. Não quero que passe. Quero continuar fazendo disso o meu presente. Ver tudo mudar de forma tão rápida, sem esperar por nada, me deixa tão indefesa.
Uma criança sem defesa alguma, não esperando que nada mude. Meu deus, eu não quero pensar nisso.
Lembrar de como todos meus amigos se tornaram pessoas maduras. Lembrar de como todos estão indo de uma forma tão lenta. Estão indo.
E eu? Fico jogada, não em um rio de esperança, não quero que voltem, mas jogada em um lago cheio de lembranças. Abro meus olhos e percebo que não foi um sonho. Foi real. Todos foram reais. Tanto as magoas quanto as lembranças.
Mas minha cabeça está tão longe, consigo ver claramente que todos estão bem. Mesmo sendo tão lúcido, consigo ver que eu estou tão bem quanto eles.
E vejo, que meu caminho pode ser um mar de rosas recheado de espinhos. Há tantas dificuldades, e não estou nem no inicio. Tudo foi passageiro. Foram experiências amadoras.

Vejo um céu e um inferno completos em minhas mãos.

domingo, 21 de março de 2010

So Happy I Could Die


Sinto muito, mas tenho que dizer que minha tristeza se foi. Desequilíbrios superados com sucesso. Minha superação é tudo que tenho para provar que sou forte, que não estou a baixo nem a cima de ninguém.
Fiz meu coração bater tão forte com um grande amor. O fiz procurar oportunidades. Fiz do meu coração um guerreiro que não poderá desistir. Eu tive outra chance e desta chance tirarei minha vitória.
O mundo começa a girar. Continuo aqui e agora caminhando, com uma única necessidade. A necessidade que preciso encontrar e não vai ser no fim do caminho.
A necessidade... Que dá vontade de gritar quando não pode, sair correndo, dançar sempre, até mesmo por entre lagrimas...
"So Happy I Could Die … Its All Right"
A necessidade de procurar a Felicidade por todos os outros caminhos perdidos que existem.

"Never give up, never surrender, never do what I did, never say never!"

quinta-feira, 4 de março de 2010

Two months

“Quando escuto o encanto de uma música, enxergo que posso ser tudo, mas também um nada disfarçado. Queria dizer que esta noite irei gritar pelas lembranças que tenho e não cansarei de dançar ao ar livre. Não vou fugir dos meus medos. Não vou deixar que a felicidade venha para me amedrontar com sua perfeição”

O dia está amanhecendo, e agora volto para casa. Com medo que não esteja me esperando. Mas atrás de suas máscaras, eu sei que está.
Quero cochichar com as paredes e ter a certeza de que sou forte, eu sou capaz de aproveitar tudo que tenho de melhor.
Jamais serei a mesma se não tiver meu “boa noite", jamais serei a mesma se não tiver o que ouvir antes de fechar os olhos e ter sonhos desejáveis.
E agora sei que tudo que preciso está aqui, está comigo. Não digo que estou presa, ou triste, mas sim, digo que sou livre para amar, mesmo tendo medo, não me importa, eu só quero aproveitar enquanto posso criar o meu "para sempre" e sair cantando para todos que voltarei pra casa e ouvirei o que sempre desejei.
O que posso dizer? Sinto-me como um pássaro que saiu da gaiola e está cantando sua vitória e seu amor. Estou bem, estou leve.
Continue comigo, meu doce sonho, e vamos cantar aos céus toda a felicidade que temos.


Thank you, girl
Eu te amo(L)