Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016

O nome dela é...

O nome dela é...
Normal.
Bem do tipo que faz coisas normais e não tem problemas psicológicos. Quero dizer, ela é diferente. Dificilmente ela gosta das mesmas coisas que eu, dificilmente ela vai discutir um episódio de Game of Thrones ou uma música comigo. Diferente do tipo, não gosta de quase nada do que eu gosto e mesmo assim ainda é interessante no ponto máximo da categoria simpatia para com o próximo.
O nome dela é...
Simpatia.
Não lembro nem um pouco de como a conheci. Mas sei que a percebi no momento certo, oportuno e diferente da minha vida. Ela sorria e comia naquele lugar como quem se adaptava, onde eu nunca me adaptei. Fez amizades rápidas mesmo sem pressa. Ela era ela e eu nunca tinha visto isso de maneira tão natural e pura.
O nome dela é...
Empatia.
É raro eu querer levar alguém pro resto da minha vida comigo. Os meus amigos reais e de verdade são os que conto em uma mão só. Ela é o cotoco. No primeiro momento que conversei com ela sobre coisas da vida, achei ela um…

About girl interrupted

Engraçado como a vida te retrocede como quem brinca de peteca. Encontro-me com aquela ânsia no peito de quem acabou de voltar para uma época de pura empolgação e loucura.
Não estou alta.
É como se a trilha sonora fizesse com que cada partícula do ar que você respira fosse o mesmo de anos atrás. Você admira aquela música do mesmo jeito, com o mesmo sentimento. Admira novamente um ser dançar em luz negra avermelhada a música do Marilyn Manson.
Você sente a dor que de certo modo, você sempre soube que não existiu. Mas que ainda está ali. Será loucura? Será que o livro ‘Girl interrupted’ faz-me pensar agora que algo daquele tempo ainda existe em mim? Será que a mente está um bololô só? Será que esse sentimento vazio e doloroso de abandono e pensar em ter a obrigação de deixar que me abandonem, é real?
Como quem admira e teme a mente humana, vou deixar não só a vida resolver isso, mas vou aproveitar toda a dor que me presenteou e quem sabe a loucura me leve pra onde eu realmente deva ir.