domingo, 11 de março de 2012

Some Nights


Estas certas noites que vem para sugar a alma,
Não sei se fujo,
Ou se me entrego,
Como naquele passado
Onde eu estava confuso,
Onde queria esquecer,
E não conhecer a vida.
Só queria estar ali,
Entregando-me à escuridão..
O que rasgava a alma
O que vinha atrás de mim
O que não procurava...
Vinha atrás de mim como uma resposta.
Queria não viver e nem estar ali..
Queria não estar fazendo nada,
Queria procurar nada
E carregar tudo em minhas costas
Estas são meras lembranças do passado que não quero esquecer.
Se não lembro e nem sinto,
Sinto-me vazia e procurando...
Porque já descobri,
Que felicidade não é tudo que quero,
Não é tudo que preciso para sair do lugar.
Estou concertando minhas asas para voar sobre o passado
Sentir tudo que tenho que sentir e voltar ao meu lugar
Isso tudo mostra de como sinto tua falta.
De como quero voltar ao teu lugar,
Onde tudo começou
Onde eu só vivia para sofrer por ti
E lhe digo meu anjo,
Como eu sinto saudades disso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário