sábado, 31 de agosto de 2013

Querido diário virtual

      Gostaria de nunca esquecer-me que estive lá. Que estive em todos os lugares que quis estar, por onde eu andava em companhias perfeitas, te levando comigo por todos os passos desconhecidos que eu dava. Eu estive contigo. O importante é o que o coração sentiu e enxergou que aquilo existiu. Aquilo existiu...

E por mais que hoje eu esteja com saudades, por mais que tenham caído mil lágrimas quando abri os olhos, penso que por mais que os dias mais indescritíveis tenham passado, sinto-me feliz por ter me sentido vivo, durante os seis dias, em cada hora, em cada segundo. Até agora. Aquilo foi real. E eu estive lá, eu ... estive lá. E isso tudo é indescritível, impensável, insano, surreal até para a cabeça mais aberta e mais pensadora/amadora do mundo...

Eu fiz a trilha sonora de Agosto.
Obrigada.

"E na tua casa beijei tua alma
No apartamento fui teu sentimento
Cuidei da tua vida com amor e com calma
E ainda estou aqui."


Nenhum comentário:

Postar um comentário