Aos escritores

Um belo brinde com vinho, ópio, drogas, imaginação, loucura, perversidade, lágrimas, risos, dor, melancolia, falsas alegrias, felicidade, esperança, mentiras, imaginação, amor, diversidade, amizade, entre outros...
Feliz dia do escritor, seres eternamente loucos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Querido diário virtual

Notória lembrança

Carta jogada ao vento