sábado, 20 de julho de 2013

Amigo

         Neste momento, sinto como se necessitasse escrever sobre isso e sobre vocês. Serei breve.
         Estou mergulhado em trilhas sonoras do meu passado. Em peso morto de lembranças boas e ruins quase irreais. 
         E vem vocês, amigos simples. Vocês que tornaram o conto de fada, os oito filmes, Beatles, Metal, bebidas, sala de aula, convênio, melancolia e risos.. Formam uma marca que não sai de mim desde que seguimos viagem para cidades diferentes da vida. Lembro do tripé que realmente existiu por debaixo da chuva no trágico momento. Lembro-me de ti, que quase chegou ao incondicional e que prometeu a eternidade, destruindo tudo isso através do tempo e de palavras..
         Confesso que para todos estes em anos passados desejei "feliz dia do amigo" de coração aberto, para alguns foram simples palavras, para outros,  não eram somente palavras que valiam, eram mais os gestos verdadeiros e confiáveis da personalidade de cada um.
         Mas, de todos esses amigos simples, tirei o que pode contar em uma mão só. E estes, para mim são os que me me dão algo bem parecido com a esperança. Além destes, vieram outros. Os que tem pouco tempo por aqui, mas que tem um valor enorme. 
        E a trilha agora muda... 
        Não penso mais no passado, eu penso em vocês, do meu presente, e que fazem meu sorriso quase todos os dias. O baterista em segundo plano do casório futuro, o oráculo enlouquecedor psicólogo que me salvou milhões de vezes do sentimento indesejável, devo pensar na psicopata que um dia me deixará conhecê-la por completo?.. o renegado louco e apaixonado por melancolia e Avril, os lanches dos dias da semana e a trilha melancólica de cicero e vanguart, o espelho perfeito de sentimentos contidos e chorados, a nega fotógrafa conselheira da sexta feira, a cunhada que sempre vai e volta e que sempre fica, o primo tímido cheio de calma. À vocês, desejo uma felicidade plena, meus caros.
        Para o último parágrafo, guardei as trilhas Fallin, Roads, My friend e Frankinsence.. Finalmente penso no anjo colorido que me salvou de mim mesmo e chegou ao ápice do incondicional, ela, que a um ano atrás somente desejei palavras e hoje, dou a vida. Ela que por várias vezes me ensinou como lutar e ser forte, que me fez enxergar que o dia pode ser o mais podre e perverso de todos, no final sempre tem uma coisa boa para acontecer. Ela é o incondicional, a dose para sobreviver aos dias.
       A todos vocês, aos que sobraram dos amigos simples, ao meu presente, a ti.. 
Feliz dia dos Amigos.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário