Vou lhe contar uma história ..

Era uma vez uma menininha, ela acordava cedo todo santo dia.. e já tava acostumada com a ausência do melhor amigo. Ele tinha voltado, ignorando, demonstrando raiva, e foi embora a pouco tempo. Certo dia, ela acordou atordoada. Pensando demais em coisas que tinha lido, pensando que ás vezes é muito fácil mudar de opinião, pensando também, que se não acreditar no que lê ou nas pessoas, quem vai provar o contrário? De repente, ela olhou pela janela do ônibus e se calou .. e no fundo veio a presença e o aconchego da companhia do velho amigo dizendo: "Você acredita muito nas pessoas, minha cara" .. Ele perguntou a ela se podia ficar. E ela só deu um sorriso, que aos olhos de quem viu, fora para o nada. Foi um sim. E os dois, o melhor amigo e a menininha, voltaram juntos para casa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Querido diário virtual

Notória lembrança

Carta jogada ao vento