18 de maio de 2013.

A noite dos agoniantes olhos perfeitos.
Independente de tudo, a noite fora de longe, a mais perfeita que vivi.
Y.S.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Querido diário virtual

Notória lembrança

Carta jogada ao vento