domingo, 10 de abril de 2011

Agora


As chuvas que banharam a alma dos amigos que caminhavam nas ruas...
Lembro-me bem, pode fazer mil anos, mas jamais perderei a força de acreditar que essa sim pode ser uma lembrança que não esquecerei.
A lembrança não é só deles caminhando comigo, simples, eu poderia estar em todos os cantos, mas com exatidão decorei que não estava só. Não importava pra onde corresse, sempre havia alguém pra me segurar, embora eu me segurasse para não cair.
Eu sei, esses tempos não voltarão mais... Foram dias feitos para passar, mas o tempo e todo aquele sentimento, era bom, era ruim e era único. Os sonhos eram buscados, mesmo sempre com um pé atrás.

E hoje, já não é mais assim... Mas sei que assim é a vida, e foi feita pra ser assim. Dura e completamente simples, e que tenhamos forças para poder lutar por tudo aquilo que sonhamos. É como se fosse uma prova de fogo que só acaba quando entramos em um sono eterno... E não aproveitar seria como o suicídio mais duradouro que existe...

Sem exitar, "só há uma chance pra viver"... o importante é seguir, não importa quem esteja ao lado, por que amanhã pode não mais estar. Assim como os melhores se foram, a chuva se tornou nuvens nubladas, apenas. E o passado vem, pode vir, mas agora tudo é real, a vida é seguir, é ter força e fé, para não se tornar escravo dela, nem inimigo, é ser amigo e o principal é não deixar de acreditar. Meus amigos agora são poucos... E não há o que complicar...

Agora eu sigo sozinho... Sem desistir... Sem me segurar tanto...

Um comentário:

  1. garota tu escreve muuuito
    vou seguir (:
    http://psicoticos-anonimos.blogspot.com/
    me segue tbm ?


    matenha contato e quando postar algo ME AVISA *-*
    tu eh foda

    ResponderExcluir