domingo, 13 de março de 2011

Autentico Domingo

É tão estranho explicar o sentimento que vem tão perfeito como esse. Domingo masoquista ao ver dos outros, e perfeito a meu ver. Em poucas palavras, domingo autentico é aquele que me deixa em paz, que me deixa leve e solta a todas as magoas da vida, todas as dores que me apresentaram.

Eu já desejei que toda aquela dor voltasse, aquela dor sem calma, aquela que me queeimava em febre, e nem perguntava se eu estava pronta. Mas, nem a dor é igual, tudo muda um pouco, sempre vem um pouco mais forte um pouco mais fraca e assim fica sem graça. Mas hoje, esse sentimento com essa melancolia toda, a febre que não é forte mas queima, o silencio, eu não quero compartilhar com ninguém...

Em dias assim... Eu sinto o vazio que prefiro não preencher. É o vazio que prefiro manter, não quero correr atrás... e assim vou em paz. E são dias assim... Dia de chuva, dia de sol, que eu me lembro de você... E o que eu sinto não sei dizer...

Um comentário:

  1. Nossa Paula, cheguei a me emocionar com sua maravilhosa forma de escrever! bjs

    ResponderExcluir