domingo, 19 de dezembro de 2010

Vanguart- Robert

O chão não vai cair
nem a distância nos partir
enquanto houver alegria
nos sapatos que ela pisar
fim da manhã
nem sei se é dia
já nem penso depois
de três cigarros
eu ignoro o desabafo
de uma garota do mar
que há de me bastar
meus lábios estão salgados
de saudade
de Robert, Robert, quem vai?
Robert, Robert, quem vai?

Mas nada vai
mais dissolver
a irônia de poder te ver
sem tuas roupas
com teu segredos
já nem penso depois
desolado
só com a distância
de uma garota do mar
que há de me bastar
meus lábios despedaçados
de saudade (uh uh uh)
de saudade (uh uh uh)
de Robert, Robert, Robert
Robert, Robert, Robert
Que o que vem, vem, vai, vai
Mas vem quem vai

Morrer primeiro (uh uh uh)
morrer segundo (uh uh uh)
morrer terceiro (uh uh uh)

Robert, Robert, Robert
Robert, Robert, Robert

Tanta coisa vai
e você não vê
que a insegurança
é tudo que você deve aceitar
tentar ser melhor
que a vida é muito mais que esquecer

Robert, Robert, Robert
quem vai?

Nenhum comentário:

Postar um comentário