segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Eu pude ver o sol desaparecer, do seu rosto, dos seus olhos... Da sua vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário