terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

I gotta felling

Não sentia mais aquela dor insuportável. Não sentia mais aquela tristeza intensa e sem cura. Não há mais vontade de dizer adeus. Não restam cicatrizes, nem sonhos que viram lágrimas. Foi capaz de superar aos poucos. Enxergou que uma semana não poderia ser o fim do mundo, mas sim um recomeço.
Tudo se fora, não durou a eternidade que esperava...
”Zerar e recomeçar”
Percebeu que a noite poderia ser boa, percebeu que as estrelas suas amigas e conselheiras poderiam dançar a noite inteira.
Uma oportunidade para si mesmo em todas as noites.

”I gonna Felling... That tonight’s gonna be a good night.

É hora de voltar. Você está de pé. Ande. Vamos dançar, fazer da noite um fim de ano. Extravasar e sentir como se fossemos livres. Não chore, vamos voltar. Se solte. Seja feliz, sinta-se livre para gritar aos céus o que sente e o que deseja.
Vamos correr, dançar na chuva, vamos gritar. Vamos longe, vamos além... Finalmente, vamos fazer desta noite uma vida. Vamos viver. Faça a noite a sua melhor amiga.

Sinta-se a vontade para se sentir bem...

“Make my night yours, Victorio”

Nenhum comentário:

Postar um comentário