sábado, 19 de dezembro de 2009

The angel..


Há saudade, mas não há lágrimas. Não quero de volta. Mas necessito ainda de sua voz e seus olhos para que ainda olhem por mim. Para me compreender. Não levou minha felicidade e nem todos meus sorrisos...Metade de minha alma está em sua mão fria e morta. Sangrando ainda, continuo suplicando para que não me abandone. Assim como metade de mim, estás morta. Me deixaste como um passaro livre ao vento. Nunca a condenarei por isso, somente te agradeço por me fazer viver por um momento em todo meu caminho com todas minhas quedas e fraquezas. Eu agradeço por todas minhas alegrias e luzes, todo meu impulso e fortaleza.
Te agradeço por ter sido meu anjo e meu amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário