domingo, 9 de agosto de 2009

Sonhos


Vão e vem...
Alegram, machucam...
As vezes espera um brilho... Um sonho..

Ele pode voar, gritar, cantar...
É um sonho... lá, nada é realmente impossivel...
Poder viver um sonho... Seria algo tão encantador...

Ver cores que deixou de ver há anos.

Mas sonhos, sempre viram pesadelos...
Os sonhos podem ser traiçoeiros e devastadores...
O faz ter ansia, com algo que nunca aconteceu...

Anseia pela tristeza..
Anseia por ódio...
Anseia pela morte..
Pela dor...

O que esperar de um sonho?
Respostas? Pensamentos? Ser livre?

Uma mentira.
No dia seguinte, seu humor, depende de um sonho ou pesadelo.
Continua fechando os olhos e fingindo como um condenado...
Que vive por sonhos. Entra em um Abismo alegre e triste..
Um poço sem fundo, onde afunda e afunda.. e dexiste no caminho de volta.

Com tão pouco tempo, se acostuma com a dor, com a alegria, com a tristeza..
Com a esperança que um sonho dá.

Os sonhos mais cedo ou mais tarde...
Viram trevas que jamais se esquece...
Os sonhos mais cedo ou mais tarde...
Viram esperanças que o faz querer lutar.

Lutar por um sonho, seria uma grande aventura.
Esmaga e esmaga... Levanta e levanta...
Tremores, medos.. Angustias, felicidades...
Possibilidades e impossibilidades

O faz chorar com sangue nos olhos,
Feliz ou triste...

Os sonhos...
Vão e vem... Alegram e machucam...
Um brilho, uma esperança...

Mesmo assim...Nunca deixa de sonhar...

"E quando tudo isso terminar
Eu te toco
E quando tudo isso terminar
Eu te dou tudo
Seja minha e seja mais forte
E engula tudo de que você precisa
E morreremos por nós"

2 comentários: