sexta-feira, 31 de julho de 2009

Exploda de Felicidade...



Mesmo sabendo que está caído, sangrando... Com seu coração machucado demais de tantas decepções já vividas. Ele continua e continua rastejando, se ferindo mais e mais... Banhado de seu próprio sangue. Ele não para...
Com tantos avisos e preocupações... Ele saiu de si. Amou, amou demais.

Mesmo sabendo que mais cedo ou mais tarde as sombras vão chegar. Mesmo sabendo que a tempestade chegará trazendo dor e mais tortura.
Mesmo sabendo que pode se machucar mais... Mesmo sabendo... Que no final vai se destruir de novo.

Ele não morrerá, não tão cedo...
Não causará dor a todos que o tentaram salvar... não sendo mais um egoísta que largou tudo por um doce veneno viciante...
Já fizera isso em seu passado ilusório...

Agora, só pretende lutar... até não haver nada de sua alma...
Coisas tão simples em sua mente se tornaram tão complicadas...

Se afundando em lágrimas, ele se explodiu de felicidade...Se levantou, achou que poderia voar, achou que poderia cantar, concertar suas asas e simplesmente voar para o horizonte que neste dia estava tão claro.
Mas um alerta o feriu... um simples alerta, jogo-o no chão novamente...O alerta que realmente pode se machucar quando o fim chegar...

Mas, quanto ama, o quanto sangra, o quanto chora, o faz enxergar que tudo pode mudar, pode ser diferente.

Tudo muda, pensamentos negativos invadem sua mente cansada. Perturbam o sono.
Mas agüenta, rasteja...
Em seu próprio sangue acha forças para lutar.

Não quer perder. Não! Ele apenas espera pelo que vem, quer realmente ver o que acontecerá no fim...
Exploda de felicidade... Mesmo sabendo que a tempestade chegará trazendo dor e mais tortura.

"Não posso deixar seus olhos"

"só quero que tome cuidado, não mergulhe tanto, muitas vezes pensamos que temos fôlego o suficiente, mas na maioria das vezes paramos na metade do caminho de volta "

Um comentário:

  1. Quanto mais te leio vejo que a intensidade tua cresce!
    muito bonito, emocionante...

    ResponderExcluir